sexta-feira, 27 de maio de 2011

Menina Prendada: Glau Macedo

quando Pedro e eu casamos em setembro, me vi com uma cozinha até que bem equipada, com os presentes todos que ganhamos...assadeiras, panela de wok, batedeira, três formas de tamanhos diferentes com fundo removível, panela de pressão (medo!), liquidificador, inúmeras vasilhas, cacarecos de descascar, ralar, mexer, pegar, abrir... enfim, tudo lindo e sem uso! kkkkk
 era preciso aprender a cozinhar... dos blogs de planejamento do casamento,  para os blogs de receitinhas... e foi assim que encontrei o Quitandoca...
já na primeira visita, ele foi parar em meus favoritos... fiquei completamente encantada com as produções das fotografias que ilustravam as receitas... e cada receitinha... passei a acompanhá-lo e toda manhã, um novo post de deixar a gente com água na boca e suspirando...
e não poderia ser diferente, a Glaucia, a mocinha de olhar sincero, cuida de tudo com muita atenção e todo carinho... de forma as nos fazer sentir convidados a puxar uma cadeira e tomar um café!
e assim sendo, sente-se conosco para "ouvir" a história de menina prendada da Glau!
querida, muito obrigada por dividir sua história aqui no bloguinho e por todo o carinho!



Fiquei pensando desde quando eu sou prendada e me lembrei de uma brincadeira de infância.. eu e minha prima brincávamos de montar uma mesa de jantar bem bonita. Colocávamos prato, copos, guardanapos. Tudo combinando! Eu não ligava pra boneca, mas curtia cozinhar, fazer pequenos trabalhos manuais.

Venho de uma família de artistas, minha avó hoje chegando aos 90 continua pintando seus quadros, minhas tias todas pintam, as primas dos meus pais tem escola de artes em São Paulo. Me lembrei também que um dia destes encontrei com minha avó e ela usava uma bolsinha linda toda trabalhada, perguntei aonde ela tinha comprado e pra minha surpresa, a mãe dela tinha feito! Acho que está na genética! 

O tempo foi passando e na época resolvi fazer faculdade de Psicologia, depois fui pra Neuropsicologia. Neste meio tempo casei e foi então que toda minha vontade de cozinhar, arrumar a mesa bonitinha voltou. Foi um passo pra começar a fazer brigadeiros fofinhos no potinho e então o Quitandoca nasceu. Depois de um ano de casada mudei de cidade e mesmo sem largar a profissão, a vontade de fazer coisas diferentes aumentou. 

Passei a fazer uma série de funções e atividades que nunca imaginaria! Até em campanha política fui trabalhar! E no meio desta busca do que realmente me faz feliz, a fotografia tomou um lugar enorme na minha vida e a Psicologia foi deixada de lado. Se foi fácil largar tudo e tentar ter uma vida diferente da que tinha traçado na minha cabeça? Não, foi muito difícil e ainda é! Mas ser uma menina prendada é muito fácil porque pra mim não precisa ter nenhum talento especial, mas sim ter cuidado e carinho em tudo que faz. Amor. Pode parecer clichê, mas esta estratégia tem dado certo! 

Glau Macedo

12 comentários:

Ana Matusita disse...

A Glau, além de prendada, linda e talentosa, conquista a gente pelo bom humor!
Me divirto muito com ela!
Beijos nas duas,
Ana

Tricia disse...

A Glau é uma pessoa muito especial. Com sua cabeça fervilhante de idéias fofas nos brinda todos os dias com seus posts lindos, receitas gostosas, fotos notas 10. Sem dúvida uma menina super prendada! Sorte nossa né, Ju? Beijocas pra todas. Tricia

Ruby Fernandes disse...

Tem como não amar a Glauzita? Ela é uma pessoa maravilhosa!
Tive o prazer de me encontrar com ela duas vezes e confirmar o que já sabia: mocinha linda por dentro e por fora.
bjo =)

Toda Bossa é Prosa disse...

Maravilhoso Relato de mudança. A gente acaba se identificando com tantas meninas prendadas e até então desconhecidas. super precisada de mudanças e nada prendada ultimanemente. Bjux Gdeee

Adriane Pinhate disse...

Adorei conhecer um pouquinho mais da Glaucia, essa pessoa que realmente transmite amor em tudo que faz!! Sucesso sempre para a Quitandoca. Só uma curiosidade, como surgiu esse nome? Bjs

Glau disse...

Ah, amei muito! Super obrigada Juju pela oportunidade de aparecer por aqui e adorei os recados das meninas!

Bjao, Glau

Thiara Ney disse...

Essa minha amiga é um arraso! Morro de orgulho de ser amiga dela (mesmo que tão distante...)
=)
Bjos!

Tati disse...

É muito gostoso ler um opedacinho da história de alguém. Percebemos que somos cheio de particularidades e, ao mesmo tempo, temos mto em comum! Sou psicóloga também e acho super interessante saber desses caminhos. Parabéns pelos novos caminhos da Glau!

Bjs

Ma Stump disse...

A Glau é uma linda! Risonha em cada tweet, comentário, post caprichado e... Mais ainda pessoalmente! Lembro sempre das nossas risadas qdo nos encontramos! Não tem como não querer ser amigona!

beijos pras duas queridas! E meus boas férias, Ju!! =) Compartilha com a gente!

Andressa disse...

kkkkkkkkkk q piada
já li muitas vezes nesse blog ela dando "patadas" em algumas pessoas e agora q o blog passa antes por moderação, ela simplesmente apaga o q não interessa pra ela, obvio
já viu q só tem elogios? quando alguém comenta algo q ela não gosta, como por exemplo, q não deu certo alguma receita q ela inventa lá, ela fica furiosa e apagar o comentário, só deixando mesmo os elogios
vai ser falsa assim lá na China
eu hein
aqui só tem as puxa-sacos de plantão dela


Andressa Vasconcelos M. Stroesberger

Anônimo disse...

Acho que como em todas as situaçoes da vida, temos escolhas a fazer. Se existe a opção de escolher qual comentario vai ser publicado,por que não usufruir dessa ferramenta? Engraçado que, se os xingamentos nao são publicados, como alguem sabe que muitos existem??? Engraçado, alguem nao gosta de alguma coisa por que perde tempo com ela??? coisas engraçadas acontecem nessa vida...

Geruza Palhares Coelho

Ju Padilha disse...

Andressa querida,
não gaste seu tempo com palavras em que nada acrescentam! basta não visitar os blogs dos quais não gosta, use sua energia para coisas boas e para aquilo que vá fazer bem aos outros!
por aqui a Glau é de fato muito querida, assim como o Quitandoca, sentimento sincero!
Ju

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin