terça-feira, 17 de maio de 2011

Menina Prendada: Lu Gastal

ahhh que felicidade...
e não é que recebi a história de uma "menina prendada" em resposta a este post aqui...
a ideia era que pessoas que fizeram novas escolhas em suas vidas, compartilhassem esta decisão que envolve toda uma mudança de rumos e as vezes, até de paradigmas... a vontade de perceber que não estamos sozinhos e também servir de incentivo para quem está passando por este dilema...
quem nos escreve é a querida Lu Gastal de Porto Alegre, que só pelo sorriso já dá para sentir, ela é pura simpatia...
Lu muuito obrigada!


Nesse findi, passeava pelo blog da Ju quando vi o desafio às meninas prendadas. Embora eu não seja mais tão menina assim, tenho certeza que meus avós, se aqui ainda estivessem, me julgariam um exemplar dessa expressão, que eles falavam em alemão... e eu saía repetindo, lá pelos meus 9, 10 anos,  toda faceira, com sorriso no rosto “eu sou uma menina prendada.. eu sou uma menina prendada”! (eu era, sim, prendada, quando os ajudava a lavar a louça ou outras pequenas tarefas domésticas!).

Bem, cresci, e os dotes domésticos foram de afastando mim. Casei com um cozinheiro de mão cheia, e tenho um anjo da guarda que cozinha everyday (comidinhas gostosas e bem caseiras). Virei advogada, mãe de duas gurias fofas (meus melhores projetos, até a presente data), e posso dizer que fui prendada em ambas as tarefas. Depois de  mudanças e várias sacudidas na vida, um belo pontapé na bunda no meu último emprego (sempre digo que os pontapés são úteis, pois jogam a gente prá frente) e algumas experiências nessa vida autônoma no decorrer dos anos, fui ensaiando ter um negócio prá chamar de meu. Até que, no ano passado, abri as portas desse espaço, onde divido os meus dias, entre o lar e a família.

Posso dizer que sou prendada, sim, porque fui ousada. Depois de a loja , descobri que não tinha a mínima experiência prática em empreender, além dos cursos e seminários que participei nos últimos 5 anos. O dia-a-dia de um business próprio não é lá muito glamouroso. No meu caso, o negócio depende de mim, essencialmente de mim. Filha de pecuarista, sou  adepta da frase “o olho do dono é que engorda o boi”. Assim, me considero prendada, na arte de me permitir suspirar a cada vez que me sinto cansada, na arte de ter fôlego a cada momento de desânimo puro, na arte de vibrar com os mínimos detalhes que, hoje em dia, me fazem tão feliz!

Ah... não tenho prendas domésticas, como dizem aqui nos pampas... no máximo preparo umas sobremesas simples e gostosinhas, um bolo sol e essas coisinhas fáceis que toda mulher faz ( a Glau Quitandoca vai me matar...). Mas, confesso  aos leitores do blog da Ju, preparo um chimarrão (mate quente) com muita destreza e capricho, e é a ele que eu dedico a energia dos meus dias!!!!!

8 comentários:

Anônimo disse...

Que gostoso ler o relato da gaúcha Lu, sorrisão franco, cuia de mate na mão, eta gente boa do Sul!
E mais, talvez a recém-nascida coluna Meninas Prendadas, possa render um ensaio, no futuro, no estilo"as voltas que a vida dá"...
Muito, muito interessante!
Regina.

Toda Bossa é Prosa disse...

Que relato maravilhoso, de volta por cima, de história boa compartilhada e que serve como conselho, embora não o seja.!!
Maravilhoso esse espaço, essa gaúcha é super prendada.
Tão prendada que ela costurou a própria vida com uma nova escolha.
Adoreiiiiiii =)!!
Parabéns a Jú e a Lu Gastal.

Ana Matusita disse...

A Lu é minha amiga prendada linda e loura!
Além de ter uma história de vida e luta que é de admirar, a Lu é talento puro (e nem estou falando só como amiga, mas também como parceira!).
Muito legal ver o sorrisão faceiro dela por aqui, Ju!
Parabéns pras duas!
bj,
Ana

Micheline matos disse...

Adorei saber um pouquinho mais osbre a Lu, menina mais do que prendada...Guerreira.

Márcia Lima Palamim disse...

Que delícia de espaço! Cheguei até aqui através do Quitandoca e me deparo com muitas carinhas conhecidas do universo crafter: Lu Gastal, Ana Sinhana... e olha o coment aí de cima... a Samariquinha! Adorei tudo por aqui. Seus textos, suas imagens, seus trabalhos. Prazer em conhecer!!! Beijos e até breve!

Ju Padilha disse...

queridas,
fico feliz que tenham gostado da ideia do "menina prendada"!!! a estréia com a Lu Gastal foi de fato muito especial!! com sorte e uma certa ansiedade espero receber mais relatos... voluntárias?!! sei que vcs tem histórias sim para contar!!!
beijinhos e muito obrigada pelo carinho todo!

Ana Vergara disse...

a Lu arrasa em vário temas: é batalhadora e destemida! Gosto e admiro muito isso!
Parabéns pelas "prendas"!
DaAna

Artes da Déa disse...

A Lu é tudo de bom!Além de prendada éum doce de pessoa, super simpática e carismática.
Lu, beijinhos cearenses, Andréa.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin